Início Rubricas Adolescência e internet: estarei dependente?

Adolescência e internet: estarei dependente?

158
0
COMPARTILHE

As tecnologias acompanharam o teu crescimento e são uma ferramenta de comunicação e entretenimento fantástica. Adoras explorar o cyberespaço e tens uma relação inseparável com os aparelhos tecnológicos. Os teus pais queixam-se que “passas a vida ligado à internet”, e apesar de negares quando ouves tal comentário, tu sabes que é verdade. “Mas é assim com toda a gente e isso não é um problema, certo?” Depende! Atualmente tanto miúdos como graúdos têm uma relação íntima com a tecnologia e internet, mas nem todos sentem que o seu humor, comportamento, rotinas e relações são significativamente alterados negativamente por causa disso.

Pensando bem, e embora custe admitir, tu percebes que o teu comportamento está diferente, “mas daí a ter um problema ou estar “viciado” (como te chamam ultimamente), vai alguma diferença” – pensas tu. Mas a dúvida por vezes aparece na tua cabeça… Como poderás saber se se estás ou não num estado de dependência? Experimenta fazer a ti próprio as seguintes perguntas:

  • O tempo que passo em frente aos ecrãs interfere significativamente com as minhas rotinas, empenho escolar e dinâmicas familiares?
  • Prefiro a tecnologia em detrimento do convívio face-a-face com outras pessoas e tenho-me isolado?
  • Necessito da tecnologia para ter prazer e evitar sentir emoções desagradáveis?
  • Sinto-me perdido, ansioso ou irritado quando não posso utilizar o computador ou os dispositivos móveis durante várias horas?
  • Estou constantemente a pensar nisso?
  • Necessito de cada vez mais tempo a usar tecnologia para me sentir bem?
  • Reajo de forma agressiva verbalmente ou até violenta face ao insucesso num jogo digital ou à proibição de continuar ligado à internet?

 

Se respondeste com sinceridade e a resposta “sim” surgiu na maioria das questões, então é importante que comeces a encarar a situação de uma forma diferente, uma vez que, provavelmente, a relação que tens com a tecnologia não é tão saudável como pensas.

 

Sabias que o uso excessivo da tecnologia…

– pode ter impacto negativo na quantidade e qualidade do teu sono?

– pode contribuir para o isolamento social?

– A tua concentração e motivação para o estudo e, consequentemente, as tuas notas podem baixar?

– está associado, por exemplo, a alterações de humor, quadros de ansiedade e depressão?

Poderás, até, ser um adolescente com mais dificuldades em fazer amigos e isolas-te mais, o que pode estar a contribuir para a tua dependência. Ou também é possível que sintas que não tens interesses variados nem ocupações nos teus tempos livres para além da internet. Ou parece que os teus problemas pessoais desaparecem quando tens um ecrã à frente… Talvez por isso, te sentes tão mal quando não estás no mundo online

Tentar evitar aceder à internet às refeições, enquanto estudas e antes de dormir; partir à descoberta de outras atividades prazerosas como alternativa à tecnologia; admitir que estás com dificuldades e procurar ajuda são os primeiros passo para voltares a ter controlo da situação. Não estás sozinho! Existem profissionais que te podem ajudar a utilizar a tecnologia sem que ela te prejudique.

 

Raquel Carvalho

Psicóloga Clínica

Equipa Mindkiddo – Oficina de Psicologia

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here